Para tocar nesse assunto importantíssimo para quem joga ULTIMATE TEAM, com foco em campeonatos, temos que analisar o fator principal, o que faz um gamer escolher jogar FIFA e dedicar horas ao jogo? Incluindo aqueles que mesmo com histórico muito negativo em termos de derrotas insiste!

Em um primeiro e rápido momento, você diria: - Adoro Futebol, o jogo é bem completinho, só consigo jogar futebol e não me interesso por outros!

A grande verdade é que o Futebol exerce forte influência em nossa cultura brasileira, temos veículos de informação 24 horas falando sobre futebol, celebridades, time de coração que remetem a nostalgia de infância, amigos e família e um apanhado vasto de sentimentos ligados ao esporte, que permite extravasar emoções, cerne de nosso psicológico. Mesmo que em um ambiente virtual a sensação de PODER e gestor faz do usuário peça fundamental no vicio pelo jogo! – Ele está por trás do controle!

Vamos adentrar a teoria do jogo x personalidade do indivíduo

O modo empírico de cada ser ( ou seja o modo como foi criado e absorveu isso) definirá muito o comportamento in game dele.

Perfis Defensivos fundamentam todas suas ações em elementos de resistência e ocupação.
Perfis Atacantes apoiam-se no tempo, consideram a duração do jogo como algo vital, a invasão no campo do oponente, a surpresa como os elementos de estratégia dele.

Queremos chegar no ponto mais importante, quais são os HACKS que definem vencedores de perdedores, desprezando aqui bugs ou handicap.

- Existem facilitadores para pro-players?
- Existem ajustes emocionais necessários para ganhar mais partidas?
- Existe planejamento em termos de conhecer sua personalidade e assumir posição
defensiva ou de ataque?

Colher respostas as perguntas acima e teorizar, apenas com investigação e muita
conversa com quem está no topo do ranking, a partir de agora você será imerso em
entrevistas parafraseadas que comporão um cenário diferente de tudo que já leu ou
viu.

O psicológico o elemento mais importante na vida do Gamer!

Allan CasteloYoutuber Brasileiro conhecido da galera do ULTIMATE TEAM, Campeão da COPA EI GAMES com quase 10k inscritos no canal com excelentes performances em campeonatos e WL, fomos conversar com Allan Castello, para identificar pontos psicológicos essenciais na jogatina.

Segundo Castello a consciência gamer é distinta a cada indivíduo, não tem como copiar 100% um estilo de jogo de outra pessoa e seguir fielmente, acreditando que isso vá funcionar sempre! – Desenvolva seu estilo de jogo e trabalhe para evoluir ele.

"Cada gamer TEM SUA MANEIRA DE PENSAR!"
Allan Castello.

A chave da vitória segundo Allan principalmente na WL (Fut Champions) onde cada jogo é praticamente uma “final” está em exercer a virtude da PACIÊNCIA, Seja nos 90’ ou 120’. Colocar de lado todas preocupações inerentes com bugs, manipulações, erros do jogo, esse perfil de gamer que levará vantagem durante o desafio de 40 jogos!

Quanto maior for o estresse e preocupação de lances perdidos e ou mal executados, mais passes errados ocorrerão, consequentemente falha na execução dos comandos de chutes a gol marcação e dribles.

Manter o FOCO NA PARTIDA, tendo plena ciência antes do jogo que coisas bizarras irão acontecer, mas que você precisa manter o seu nível de jogo o mais alto possível.
Caso o emocional saia fora do controle e você irrite-se, saia do jogo e vá fazer algo diferente, alivie a cabeça, a mente, depois retorne com todo seu POTENCIAL recarregado!

Quem não conhece o trabalho como youtuber do Allan Castello, acompanhe aqui o seu canal e também as Lives pelo twitch tv!

Mas outros youtubers, gamers especializados associam suas conquistas a outros fatores!

batataEsse é o caso do Batatassada ainda com um canal pequeno mas com muita informação e dicas! O Batata sempre está no top 100 do Fut Champions e em campeonatos presenciais como o VISA FIWC.

Segundo Batata o equilíbrio depende da vida pessoal, a conciliação do desempenho máximo nas partidas x problemas pessoais.

“Precisa existir um equilíbrio grande entre esses dois pilares” Batatassada

Quando você passa por problemas e usa o game como válvula de escape, a tendência é que seus jogos sofram uma queda, pois inconscientemente sua mente desprende-se do objetivo, você fica disperso pensando em como contornar os problemas reais! Cada lance inesperado, cada gol sofrido, cada gol perdido entre outros assumem a forma de catalisador, pois aceleram seu nervosismo por conseguinte stress!

Talvez essa forma de visualizar o contexto explique porque tantos “moleques” livres de preocupação tendem a ter melhores resultados, logo que o Universo deles resume-me a estudo e deveres em casa, muito diferente de um Pai de Família, ou Jovem em idade de estágio etc, que é bombardeado diariamente com os problemas da vida REAL.

Batata afirmou que no mês de março passou por eventos dificultosos que culminaram em um desempenho inferior! Porém depois de conseguir acertar os problemas no mês subsequente voltou com 39/1 na WL.

É preciso não querer contar SEMPRE com a vitória, esse tipo de estímulo cerebral/emocional pode frustrar demais o gamer, pois a probabilidade de perder o próximo jogo após uma derrota será 50% maior, face a carga negativa presente no emocional do gamer.

Dentro desse conceito o encorajamento de Batata é: “aceita que dói menos”! Entenda seu jogo e evolua, não persista em erros/táticas que tornaram seu jogo mais difícil!

Depois de duas entrevistas bem legais abordando o conceito emocional do gamer com vértices/pilares entre a vida e o jogo, fomos atrás de LucasRep atual campeão do PS4 do VISA FIWC!

 

lucasrespLucas é bem conhecido entre a galera do ULTIMATE TEAM, por estar em campeonatos bem veiculados na mídia e por representar tão bem o Brasil lá fora!

A fórmula de LucasRep tem um ingrediente bem simples – HUMILDADE!

Todos jogos são importantes, não importando o nível de seu adversário, você precisa respeita-lo, a experiência pode estar a seu favor, mas isso não fará você brincar em jogo e sim fazer uma partida limpa do início ao fim! Esse conceito joga a responsabilidade, a carga emocional de seu oponente ganhar e não a sua! Mentalmente falando terá maior “tempo” para executar jogadas, criar passes e até “estudar” seu oponente in-game enxergando como ele contra-ataca ou reage a lances de perigo! Sempre ACEITANDO que qualquer um dos dois jogando tem a possibilidade real de ganhar! Enterrando a 7 palmos aquela máxima: “ Está no papo esse jogo!”

Durante a WL, LucasRep recomenda que nunca se deve fazer, uma sequência muito grande de jogos, tanto pelo cansaço corporal como emocional, frisando que a pausa entre uma sequência de 5-10 jogos é essencial para manter a qualidade! E se durante a partida tudo estiver dando errado, o melhor é respirar fundo, manter o foco, procurar reduzir o impacto sofrido pois o jogo irá fluir até seu fim, você aceitando ou não.

Se você leu esse artigo até aqui Parabéns, com certeza saí dessa leitura mais sábio, capaz e ciente de que ajustes emocionais são cruciais para desempenho melhores em campeonatos!
Notou também que o respeito a cada partida são determinantes para assegurar uma vitória e que usar o jogo como escape com a cabeça cheia de problemas não é um bom negócio.

O FIFA em especial o modo ULTIMATE TEAM evoluiu, se colocarmos numa balança Super Star Soccer até hoje, temos um jogo virtual/ simulador próximo dos eventos que ocorrem na vida real, acredite, até os bizarros.
Um jogo maior e mais complexo com algoritmos e variáveis que são difíceis de presumir em sua totalidade!

Estar jogando em alto nível e ser recompensado bem por isso, exige muito mais do que dizer: - eu sei jogar!

 

Conclusão

Deixamos claro nessas 3 entrevistas que aliás agradecemos imensamente pelo tempo que nos destinaram e revelaram pormenores que:

“ jogar em alto nível exige mais que sentar e
colocar o controle em mãos”.

Você deve preparar-se emocionalmente em cada partida decisiva, aceitando que a vitória não está 100% em suas mãos, aceitando que jogo tem bugs, lances escrotos, que alguém pode e jogará melhor que você, mas que ao mesmo tempo, dedicação e cultura (organização mental) trarão os resultados que talvez nunca acreditou alcançar.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta