Bom galera,

 

"O melhor momento para ganhar a bola é imediatamente após a sua equipe simplesmente perdi o controle. O adversário ainda está à procura de orientação, onde para passar a bola. Ele vai ter tirado os olhos do jogo para fazer seu tackle ou intercepção e ele vai ter gasto de energia. Ambos torná-lo vulnerável. "
(Artigo completo aqui)

 

Jurgen Klopp - Atualmente no Liverpool
Jurgen Klopp - Atualmente no Liverpool

 

Disse Kloop ao The Guardian ao explicar sua filosofia de jogo. Filosofia essa que segundo mesmo artigo tem causado mudanças no futebol moderno, levou o Dortmound a disputar grandes títulos e até agora tem dado certo no Liverpool que tem feito uma campanha no mínimo interessante na BPL.

Impossível de ser aplicada em outras edições, o GEGEN PRESSING passou a ser, além de viável, uma das melhores (senão a melhor) filosofias/táticas a serem utilizadas no FIFA16.

Como esta edição matou a correria do FIFA 15 (pra mim matou), a saída de bola no jogo ficou mais dinâmica, mais pelo meio do campo o que requer uma melhor qualidade técnica. Juntando com a mudança absurda nas interceptações e a necessidade de que seu oponente seja no mínimo razoável em passar a bola (o que venhamos e convenhamos não é o skill da grande maioria dos players) temos na mão uma vulnerabilidade para explorar e essa tática caiu como uma luva.

O que é esse raio

Basicamente o GEGEN PRESSING, que ao pé da letra significa "Contra" (GEGEN - Alemão)  "Pressão" (PRESSING - Inglês), é a pressão de um time a partir do momento em que perde a bola no ataque. Teoricamente o objetivo do esquema é impedir o contra-ataque do adversário. A tese é que, quando um jogador adversário ganha a bola, ele se encontra num momento vulnerável, pois tem que olhar para decidir o que fazer com ela, a quem passar. Sendo assim o primordial é ter um jogador de seu time atacando o adversário imediatamente, sem lhe dar tempo de pensar, enquanto seus outros jogadores se posicionam para cortar as “passing lanes”, as rotas onde os passes podem ser feitos. A intenção é dar ao adversário que acabou de ganhar a bola apenas duas opções: um passe longo, a esmo, ou atrasar a bola para o goleiro.

Como aplicar no fifa 16

Explicado isso, para utilizar a tática temos que levar em consideração 4 fatores:

1 - Formação
2 - Jogadores
3 - Instruções dos Jogadores
4 - Táticas Personalizadas (Custom Tatics)

(Nesta parte levaremos em consideração a formação 4-5-1(2), mas o conceito é totalmente possível de ser aplicado as outras.)

Formação

Como vimos, a ideia é preencher o meio do campo e pressionar o adversário de forma que o force ou a atrasar a bola ou a dar passes longos. Desta forma as melhores formações para esta tática são:

4-5-1(2) - Melhor testada
4-4-1-1
4-1-4-1

Pode funcionar com outras formações, porém as que mais se mostram eficazes são as listadas.
Testem outras e nos deem um retorno sobre as que funcionaram com vocês!

Jogadores

Zagueiros - Não tenha medo em investir na sua dupla de zaga. Além do óbvio que é "Defending" dê preferência para os atributos "Passing" e "Physical".
Não coloque mais de um zagueiro com workrate High para o ataque. Tenha em mente que eles estão compondo a última linha entre seu adversário e o gol, por isso eles PRECISAM ESTAR ALI.

Laterais - Embora velocidade seja até importante nesta posição, para nós não é o essencial. Dê preferência para os atributos "Defending" e "Passing" ("Physical" é um diferencial).
Neste caso não tem como fugir dos workrates High para o ataque. Esta posição é de suma importância pois são responsáveis muitas vezes de sair jogando da defesa para o campo ofensivo, por isso ter bon passe é essencial.

Meio campo - Em todas as formações citadas é composto por 5 jogadores, 3 na meiuca e 2 abertos.

CM - Aqui está o coração da tática e faz-se necessário investir em jogadores mais completos para esta posição. Teremos aqui 2 jogadores com perfil mais defensivo mais que podem chegar bem no ataque (Pogba, Yaya, Vidal, Nainggolan) e um jogador mais perfilado para criação, porém, se possível, um que não deixe a desejar defensivamente (Iniesta, Pereyra, Marchisio, Kroos);
LM/RM - Rápidez, passe, drible e finalização é o que esperamos desses carinhas. Embora eles ajudem na recomposição, voltem para defender, eles são a válvula de escape do time e fonte de criação de jogadas (tenham peças de reposição para esta posição pois são as mais sacrificantes do time).

Atacante - A palavra Matador define. Atributos importantes: "Shooting", "Dribbling" e "Physical".

"Passing" é um diferencial que pode desequilibrar.

 

Instruções dos Jogadores

Zagueiros - Tudo padrão;
Laterais - Não sobem para o ataque e o resto padrão.
Meio campo -
CM (central) - Equilibrado, Corridas para cruz equilib, Interceptações Agressivas, Livre
CM (os outros 2) - Ficar atrás durante o ataque, Corridas para cruz equilib, Interceptações Agressivas, Manter Posição
LM/RM - Volta pra defender, fica nas laterais, Aproximar, Corridas para cruz equilib , Manter Posição e Interceptações Agressivas

Ataque - Tudo Padrão;

Táticas Personalizadas

 

Sem delongas vamos aos números:

Chegada
Velocidade: 75
Passes: 33
Posicionamento: Organizado

Oportunidades
Estilo dos passes: 33
Cruzamentos: 55 (No caso de usar de cruzamento as vezes que é o meu caso)
Finalizações: 82
Posicionamento: Organizado

Defesa
Pressão: 85
Agressividade: 80
Amplitude do time: 40
Linha defensiva: Cobertura

Explicando

- Precisamos que o time chegue ao ataque com velocidade, pois muitas as vezes faremos o contra-ataque do contra-ataque ao tomar a bola do oponente no campo ofensivo.

 
- Passes curtos (Passes e Estilo dos passes) e posicionamento organizado são essenciais para manter o time bem posicionado e fechado para explorar o toque de bola (one two que é bem explorado nessa tática) e ao mesmo tempo, em caso de perdê-la, estar posicionado de forma a pressionar o oponente a se livrar com passes longos ou atrasá-la para o goleiro.

 
- Cruzamentos, assim como sal, é a gosto!

 
- Finalizações altas. Sempre que abrir espaço finalizar é o essencial para deixar o oponente atordoado e forçar com que ele dê a saída de bola de forma afobada. Como diz o grande Lize "Entre na mente do seu oponente" e esta é uma forma de fazer isso, com muitas finalizações você impõe uma pressão mental no player do outro lado de "sair pro jogo rápido" o que para nós significa "se livrar da bola sem pensar muito".

 
- Pressão, Agressividade, Amplitude do time andam juntas. Com elas que aplicamos o fator crucial da tatica que é compactar e adiantar o time e pressionar o jogador que está com a bola.

 
- Nada de linha burra pelo amor de meus filhinhos!!!!

 

Pontos negativos

- Jogadores cansam bem, então tenha em mente que terá de ter peças para reposição no banco.
- Se pegar um oponente "bixão mermo" pode não dar certo e ao perceber isto tem que mudar de tática rapidamente, pois lançamentos feitos por quem sabe fazer são armas mortais contra esta nossa tática.

Gostou?

Comente sua experiência, compartilhe e nos dê sua opinião!!!!

Abração a todos!!!!

2 COMENTÁRIOS

  1. Adaptei as instruções para os jogadores para o 433(4) que uso analisando o que é colocado para o esquema pré determinado e senti uma diferença enorme já ao testar contra a IA na Divisão 1 Single Bundesliga, com goleadas uma atrás da outra, coisa que é difícil conseguir, e um total domínio do jogo, sem passar nenhum aperto. Vou testar online mais tarde, quando puder jogar sem ter que sair de casa. No torneio e na divisão 2 que ainda não comecei após o acesso. Jogando como estava e antes da última atualização me atrapalhava demais com o passe e isto vi que corrigiram disputando o Gold Connect na sexta, onde disputei os 4 jogos com superioridade, goleadas e a taça ganha, mas ainda usando tática regular do jogo, pressão e contra ataque. Darei o feedback depois. Abraços e obrigado.

Deixe uma resposta